quarta-feira, 22 de setembro de 2021

RN firma protocolo para produção de hidrogênio verde

O Governo do Rio Grande do Norte assinou o protocolo de intenções com a empresa Neoenergia S/A que visa à execução de projeto piloto para produção de hidrogênio verde.

O protocolo define providências e medidas de cooperação. Por parte da empresa está a responsabilidade pela prospecção de demanda e captação de parceiros tecnológicos, definição de estrutura para financiamento do projeto. Já ao Estado caberá promover incentivos fiscais, regulatórios, fundiários e de licenciamento para o desenvolvimento da cadeia de produção de hidrogênio verde. 

“O RN se projeta cada vez mais na área das energias renováveis, já somos maior produtor do país em eólica on shore (em terra). E caminhamos para ser o primeiro Estado a produzir offshore.  Este acordo que estamos firmando com a Neoenergia entra neste contexto e amplia para a produção de hidrogênio verde. Digo da satisfação de firmar este protocolo que é ação concreta e compromisso com o desenvolvimento sustentável”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

O hidrogênio verde se tornou prioridade na estratégia de energia e climática de diversos países. Isso acontece porque é alternativa para setores de difícil abatimento de emissões de carbono, possibilitando o armazenamento e fornecimento aos setores da indústria e transporte. A aceleração do desenvolvimento do mercado de hidrogênio trará mais oportunidades de negócios nas áreas de petróleo e gás, eólica e solar, biocombustíveis, nuclear, vez que existem várias tecnologias e insumos para a produção de hidrogênio.

O Rio Grande do Norte tem as melhores condições ambientais para a geração de energia eólica offshore. Hoje, tem quatro projetos em processo de licenciamento que podem incluir a produção de hidrogênio verde – energia mais barata, renovável e de grande disponibilidade de geração, ampliando a viabilidade dos empreendimentos.

Titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Jaime Calado reforçou que o RN tem “os melhores ventos do mundo. A Neoenergia é pioneira na geração de energia eólica on shore em nosso Estado e pode ser off shore. Convidamos o grupo, discutimos as possibilidades, e hoje estamos aqui para firmar este protocolo que já é de um projeto piloto. Por isso, considero um dia marcante, um fato histórico para um setor que só faz crescer, gera 60 mil empregos e tem aqui as maiores empresas do setor no mundo. Queremos que o RN seja cada vez mais um polo produtor de energias renováveis e armazenagem de hidrogênio verde”.

O coordenador de desenvolvimento energético da Sedec, Hugo Fonseca, explicou que o hidrogênio verde é visto hoje no mundo todo como viabilidade de energia limpa. “Investir neste setor e em novas tecnologias é entregar um legado de sustentabilidade às novas gerações”. O presidente da Federação das Indústrias, Amaro Sales Amaro, elogiou a iniciativa e disse que a Fiern se soma a este esforço e quer dar sua colaboração. “O grupo Neoenergia já é parceiro nosso e, tenho certeza, vai continuar contribuindo muito para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, destacou.

Para João Hélio, diretor técnico do Sebrae: “enquanto instituição, acreditamos muito no desenvolvimento energético. Há pouco tempo tínhamos seis, agora são mais de 100 empresas atuando nesta área. Que o hidrogênio verde venha com muita força e seja protagonista. Aqui o Estado e empresas apostam em novo caminho e o Sebrae está à disposição.”

Marcio Caires, presidente da Cosern – empresa do grupo Neonergia – disse que “esta é mais uma parceria com o Governo do Estado. Agora, chegou a hora do hidrogênio verde. Junto com o Estado e outros parceiros estamos confiantes no sucesso desta nova iniciativa.” O grupo Neoenergia também foi representado pelo superintendente de operações, David Benavent, diretor de Relações Institucionais e Governamentais, João Paulo Neves Batista Rodrigues, diretor de negócios liberalizados, Hugo Nunes, gerente de exploração, Hélio Reinaldo, e o gerente da Termope, Tatsumi Igarashi. 

Saiba como funciona o bônus na conta de luz para quem economizar energia

Os consumidores que conseguirem economizar energia entre setembro e dezembro deste ano na comparação com o mesmo período de 2020 poderão receber um bônus na conta de luz.

O programa de desconto na conta de luz foi anunciado pelo governo no final do mês passado, quando a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) também divulgou a criação de uma nova bandeira tarifária que prevê uma taxa de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos.

A redução mínima no consumo para ingressar no programa é de 10%, e o pagamento do bônus é limitado a 20% de redução.

Entenda como funciona esse bônus na conta de luz

Tire outras dúvidas sobre o programa

Sou obrigado a reduzir o consumo?

Segundo a Aneel, o consumidor não é obrigado a reduzir o consumo de energia.

Se o consumidor economizar menos de 10%, ele recebe tem direito ao bônus?

Não. Só terá direito ao bônus se a soma dos consumos de energia de setembro a dezembro deste ano for ao menos 10% menor do que a do mesmo período do ano passado.

Economizei mais de 20%, recebo mais por isso?

Não. O bônus é limitado a 20%. Ou seja, mesmo que o consumidor economize 30%, por exemplo, receberá o bônus de 20%.

A redução precisa superar os 10% em todos os meses de setembro a dezembro?

Não. O que vale é a soma dos consumos de energia elétrica de setembro a dezembro de 2021 que precisa ser inferior à soma dos mesmos meses em 2020.

Se o consumidor não conseguir uma redução em algum mês ainda pode compensar nos demais meses.

Qual será o valor do bônus?

Caso seja atingida a meta de redução, o consumidor receberá um bônus de R$ 0,50 por quilowatt-hora (kWh) do total da energia economizada entre setembro e dezembro de 2021 em relação ao mesmo período de 2020, diz a Aneel. O Ministério de Minas e Energia dá o seguinte exemplo:

Se uma família consumiu 120 kWh em setembro, 130 kWh em outubro, 110 kWh em novembro e 140 kWh em dezembro de 2020, a sua média foi de 125 kWh no ano passado

Se a família consumir 105 kWh em setembro, 110 kWh em outubro, 100 kWh em novembro e 110 kWh em dezembro de 2021, seu consumo médio durante a apuração do programa terá sido de 106,25 kWh

Essa família terá reduzido 15% o seu consumo em relação à média dos mesmos meses do ano passado

Ao final do programa, a família terá direito de receber R$ 37,50 a título de bônus

Quais consumidores estão aptos a receber o bônus?

Segundo a Aneel, os consumidores aptos a receber o bônus são os da baixa tensão (grupo B) e os de média e alta tensão (grupo A), apenas das classes de consumo residencial, industrial, comércio, serviços e outras atividades, rural e serviço público, incluindo aqueles residenciais com benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica.

Passaporte da vacina é exigido em 211 cidades do país, mostra levantamento

 

O “passaporte da vacina”, exigência de comprovação de vacinação contra Covid-19 para ter acesso a ambientes coletivos, já é uma realidade em ao menos 211 cidades brasileiras, conforme apontado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Entre os exemplos de locais onde a comprovação é necessária em algum locais do Brasil estão eventos, shoppings, restaurantes, shows e academia.

Entra as capitais dos estados brasileiros, São Paulo e Rio de Janeiro, já cobram o documento. Alguns destinos turísticos, como é o caso de Fernando de Noronha (PE), também exigem o comprovante.

RN alcança 50% da população adulta totalmente imunizada contra a covid-19

O Rio Grande do Norte alcançou 50% da população adulta totalmente imunizada contra a covid-19 nesta quarta-feira (22), ou seja, aquelas pessoas que receberam duas doses ou o imunizante de dose única. O registro é do RN Mais Vacina, plataforma criada e gerida pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN).

A repercussão do avanço da vacinação pode ser percebida nos índices de internação e óbitos – cada vez menores – em todo o estado. Nas últimas 72h, o RN não registrou mortes decorrentes da pandemia de coronavírus que atinge todo o mundo desde 2019.

Justiça vai ouvir vereadores e suplentes do PSB e PSDB de São Bento do Trairi sobre supostas candidaturas laranjas no municio

A juíza Giselle Priscila Cortez Guedes Draeger, da 16ª Zona Eleitoral de Santa Cruz-RN, dará no dia de amanhã, quinta- feira (23) prosseguimento a duas ações de investigação judicial eleitoral contra os partidos PSD (Partido Socialista Democrático) e PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) por supostas candidaturas laranjas na disputa à Câmara Municipal de vereadores de São Bento do Trairi-RN nas eleições de 2020.

O suposto crime eleitoral foi detectado após o término das das eleições, quando três candidatas não obtiveram nenhum voto, (duas candidatas do PSDB e uma do PSD), caso a justiça confirme a veracidade dos fatos, a punição para esse tipo de crime é anulação de todos os votos da chapa proporcional de cada partido, cassando dessa forma todos os vereadores eleitos dos partidos envolvidos.
As audiências estão confirmadas pra esta quinta-feira (23) na cidade de Santa Cruz, a primeira audiência será com o PSD a partir às 14:00h e segunda audiência será a partir das 15h:30min com o PSDB, de acordo com o despacho da Magistrada no último dia 31/08/2021.

A prefeita de Japi vai alugar um carro pra deixar à disposição do gabinete por quase 60 mil reais

terça-feira, 21 de setembro de 2021

Governo Fátima Bezerra deixa de fora recuperação das estradas da região Trairi

O Governo do Rio Grande do Norte mais uma vez excluiu a região Trairi de duas ações.

Ao anunciar investimentos de R$ 50 milhões para recuperar estradas do Estado, a gestão da governadora Fátima Bezerra não incluiu nenhuma estrada da região.

"Os serviços serão realizados em trechos e segmentos críticos de estradas como o trecho de divisas de Carnaúba dos Dantas e Ouro Banco, no Rio Grande do Norte, com o estado da Paraíba, acesso ao distrito de Boi Selado (Região Seridó), Pedra Preta/Lajes (Região Central), Assu/Carnaubais, Carnaubais/Porto do Mangue (Vale do Assu), Avenida Leste/Oeste Mossoró, Tibau/Grossos, Lucrécia/Umarizal, Olho D’água do Milho/Apodi (Oeste), Barra do Cunhau/Vila Flor, Vera Cruz/Monte Alegre (Região Agreste)", diz a nota do governo.

Em péssimo estado de conservação, as estradas da região Trairi foram esquecidas e continuam sem previsão de recuperação por parte da gestão estadual.

Festa de João Gomes em Santa Cruz exigirá que participantes tenham tomado ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19

A festa na Fama Casa Show, que tem como atração principal o cantor João Gomes, vai exigir que os participantes tenham tomado ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19.

A determinação se adequa ao que está sendo exigido pelo Governo do Estado para a realização dos eventos de massa no Rio Grande do Norte.

Os participantes terão que apresentar o comprovante de vacinação disponibilizado no site RN Mais Vacina, ou cartão de vacinação, que comprove a primeira dose aplicada.

Em Santa Cruz, cerca de 80% dos adultos já tomaram ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19.

Além de João Gomes, a festa na Fama Casa Show conta com Natan e Mara Pavanelly como atrações e acontecerá no dia 02 de outubro.

Os nomes fortes do RN para a Câmara dos Deputados

Novos nomes fortes que estão aparecendo para disputar a Câmara dos Deputados com os atuais (na foto): 

José Agripino Maia 

Robinson Faria

Paulinho Freire 

Garibaldi Alves (se não for para o Senado), 

Carlos Eduardo Alves (se não for para o Governo ou Senado), 

Henrique Eduardo AlvesFernando MineiroEzequiel Ferreira (se desejar, mas não quer. Ou quem ele apoiar), 

Rosalba Ciarlini 

Zé Vanildo 

Jaime Calado

Airene Paiva Bibi Costa (irmão de Vivaldo Costa), 

Sandro Pimentel e mais alguns. 

O resto que está aparecendo é somente bucha de canhão e pra receber dinheiro do fundo partidário.

Vigilante do RN ganha indenização na Justiça por desenvolver trauma após assalto e perder emprego

 

Uma empresa de segurança com atuação no Rio Grande do Norte foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar indenização por danos morais a um vigilante que desenvolveu estresse pós-traumático após ser alvo da ação de bandidos enquanto fazia transporte de valores em um carro-forte.

A empresa condenada é a Prosegur, que terá de pagar mais de R$ 20 mil ao vigilante.

Apesar disso, a Justiça do Trabalho manteve a decisão da empresa de demitir o funcionário por justa causa. O desligamento aconteceu porque o vigilante abandonou o carro-forte para escapar dos bandidos – facilitando, no entendimento da empresa, a atuação dos criminosos.

A decisão é do juiz Magno Kleiber Maia e foi publicada nesta segunda-feira (20). A empresa e o vigilante ainda podem recorrer.

Entenda o processo

O vigilante ingressou com ação na Justiça relatando que trabalhou para a Prosegur entre novembro de 2006 e junho de 2019, e que foi demitido injustamente.

O trabalhador decidiu procurar os direitos após a empresa demiti-lo concluindo que ele “agiu em desconformidade com os normativos da empresa e os treinamentos” durante um assalto a carro-forte ocorrido em março de 2017 na BR-304 entre Assu e Mossoró.

Leilão dos Correios não deve acontecer até abril, prevê BNDES

 

A privatização dos Correios ficará só para 2022. Isso porque o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) não prevê a criação do edital até abril, informa o site Poder 360.

Fábio Abrahão, diretor de Concessões e Privatizações do BNDES explicou em seminário promovido pela Ablec (Associação Brasileira de Lojistas de e-commerce) que pretende manter alguns serviços e um “conjunto de regras”.

“A ideia é manter os 2 serviços, tanto o postal quanto o de encomendas. O postal se mantém com a boa eficiência nas encomendas”, afirmou Abrahão.

Ele enxerga o potencial de capilaridade dos Correios como um potencializador para atrair investidores, no entanto, a estatal tem dívidas que somam R$ 8 bilhões, o que enfraqueceria a competição.

Após o texto do leilão, os dados vão para o Tribunal de Contas da União (TCU), que precisa aprovar as contas da empresa para então liberar o edital.

Inmet emite alerta de baixa umidade para 59 cidades do RN; veja lista

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta amarelo de baixa umidade, com grau de severidade “perigo potencial”, para 59 cidades do Rio Grande do Norte (veja lista abaixo). O alerta é válido até 21h desta terça-feira (21).

Segundo o órgão, a umidade relativa do ar deve variar entre 20% e 12%, com risco de incêndios florestais e à saúde, como ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz..

Como precaução, o Inmet indica que se beba bastante líquidos, que se evite o desgaste físico e exposição nas horas mais secas e quentes do dia.

Em caso necessário de apoio, a recomendação é acionar a Defesa Civil (telefone 199) ou o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Veja cidades do RN

  1. Açu
  2. Água Nova
  3. Alexandria
  4. Almino Afonso
  5. Antônio Martins
  6. Apodi
  7. Augusto Severo
  8. Baraúna
  9. Caicó
  10. Caraúbas
  11. Coronel João Pessoa
  12. Doutor Severiano
  13. Encanto
  14. Felipe Guerra
  15. Florânia
  16. Francisco Dantas
  17. Frutuoso Gomes
  18. Governador Dix-Sept Rosado
  19. Itaú
  20. Janduís
  21. Jardim de Piranhas
  22. João Dias
  23. José da Penha
  24. Jucurutu
  25. Lucrécia
  26. Luís Gomes
  27. Major Sales
  28. Marcelino Vieira
  29. Martins
  30. Messias Targino
  31. Mossoró
  32. Olho d’Água do Borges
  33. Paraná
  34. Paraú
  35. Patu
  36. Pau dos Ferros
  37. Pilões
  38. Portalegre
  39. Rafael Fernandes
  40. Rafael Godeiro
  41. Riacho da Cruz
  42. Riacho de Santana
  43. Rodolfo Fernandes
  44. São Fernando
  45. São Francisco do Oeste
  46. São João do Sabugi
  47. São Miguel
  48. São Rafael
  49. Serra Negra do Norte
  50. Serrinha dos Pintos
  51. Severiano Melo
  52. Taboleiro Grande
  53. Tenente Ananias
  54. Timbaúba dos Batistas
  55. Triunfo Potiguar
  56. Umarizal
  57. Upanema
  58. Venha-Ver
  59. Viçosa

Ciclone intenso atinge litoral brasileiro nos próximos dias, confirma Climatempo

Segundo o Climatempo, uma chuva volumosa com raios e rajadas de vento de até 70 km/h se forma no Rio Grande do Sul (RS), principalmente na parte sul do estado. Um ciclone extratropical intenso afeta o litoral brasileiro e pode fazer com que haja granizo e mar agitado se estendendo até Santa Catarina e Paraná.

Alguns “transtornos pontuais” não são descartados, de acordo com a previsão, devido ao temporal no estado. As chuvas fortes são ocasionadas por um sistema de baixa pressão atmosférica na costa da região, que dá origem a uma nova frente fria. O Climatempo reforça a instabilidade no estado, além das condições para temporais isolados, inclusive em Porto Alegre.

Ciclone

Um “ciclone extratropical intenso” deixa o mar agitado em grande parte do litoral brasileiro nos próximos dias. No litoral gaúcho o mar já começa a subir hoje. Em Santa Cataria e no Paraná, isso ocorre a partir desta terça-feira (21). Ao longo da semana as ondas podem chegar a até 3 metros na Região Sul.

A chuva, por outro lado, enfraquece no Rio Grande do Sul e ganha mais força no Paraná, especialmente em Santa Catarina.

Projeto AUDITA do MP (RN) identifica 795 servidores do Estado, com 3 cargos ou mais

 

A Promotora de Justiça Luciana Queiroz Lopes de Melo Martins da Comarca de Natal (RN), determinou a abertura de Inquérito Civil, encaminhando a Secretaria de Administração do Estado do RN, para as devidas providências legais, uma relação, contendo os nomes de 795 servidores públicos, que foram identificados pela equipe do projeto AUDITA do Ministério Público do Rio Grande do Norte (RN), em situação de acúmulo ilegal de três ou mais vínculos funcionais.

Maior produtor do país na área, RN vai estocar energia eólica

 

Maior produtor de energia eólica do país, o Rio Grande do Norte deverá estocar energia produzida pelo vento. O governo assinou protocolo com a empresa EV Brasil Consultoria para isso nesta terça-feira (21).

O documento prevê a instalação de um projeto de armazenamento de energia verde em larga escala – o primeiro do tipo no país e na América Latina.

O investimento no projeto-piloto será de aproximadamente R$ 12,5 milhões, segundo o governo. O acordo prevê o suporte do estado na interlocução com fornecedores e compradores de energia, além dos órgãos responsáveis pelo sistema nacional de energia. Também será estudado o local ideal para implantação do projeto.

A estrutura deverá ter 120 metros de altura e, quando concluída, terá capacidade de armazenar aproximadamente 400 megawatts de energia, o que representa quase 10% da atual capacidade de produção de energia eólica do estado. A estrutura deverá operar por 35 anos.

“A previsão para construirmos a torre é de oito a dez meses e a nossa ideia é começar já no início do próximo ano, mas isso ainda depende dessas definições”, explicou João de Deus Fernandes, diretor executivo da EV Brasil, que representa a Energy Vault no país. De acordo com ele, no futuro, os investimentos poderão chegar a “centenas de milhões” de reais.

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Anna Acessórios realizará a Primeira Live shop nesta terça feira (21).

✔Lançamento da nova coleção de Folheados, bolsas e acessórios infantis.
✔Mais de 22 sorteios.
✔ Descontos especiais.
Amanhã dia 21/09 às 18h30m.

Cacimba de Dentro deu início nesta segunda (20) a vacinação da terceira dose (D3) contra a Covid-19 no município.

Os públicos prioritários que deve tomar a dose de reforço e que receberam a D2 há seis meses são:

* Pessoas com 70 ou mais;
* Pessoas com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise.
Procurem os Postos de Saúde portando cartão de vacinação, documento com foto e cartão do SUS.
Cacimba de Dentro é a cidade do trabalho. Cidade do futuro.

Bolsa Família: aumento de imposto só banca mudança para este ano

O Governo Federal decidiu aumentar o Imposto sobre Operações de Crédito (IOF). Essa foi a maneira que eles encontraram para conseguir aumentar a arrecadação e a partir daí conseguir aumentar o tamanho do Bolsa Família. Essa decisão do Planalto acabou gerando uma grande discussão nas redes sociais.

De qualquer forma, membros do Palácio do Planalto estão dizendo que a ideia é usar esse aumento apenas para este ano. Segundo o Ministério da Economia, o aumento deste imposto vai resultar em uma arrecadação de algo em torno de R$ 2,4 bilhões. Eles acreditam que isso seria suficiente para elevar a quantidade de usuários do projeto.

Hoje, de acordo com o Ministério da Cidadania, a versão atual do Bolsa Família atende algo em torno de 14,6 milhões de brasileiros. A ideia do Governo Federal é fazer esse número crescer para 17 milhões a partir de novembro. Só que para isso eles precisam aumentar a arrecadação de alguma forma.

Vale lembrar que de acordo com o Ministério da Cidadania, o Bolsa Família atual vai ter uma sobra de algo em torno de R$ 9 bilhões. Desta quantia, cerca de R$ 7 bilhões deverão ir para esse novo programa que entra em cena a partir de novembro. No entanto, entende-se que esse dinheiro não seria suficiente.

Nas redes sociais, muita gente se dividiu sobre essa questão. Boa parte das pessoas lembrou, por exemplo, que Bolsonaro prometeu não aumentar nenhum imposto durante a sua presidência. Outra parte, no entanto, disse que o Presidente estaria correto na decisão de elevar esse nível de contribuição.

Precatórios

A ideia do Governo Federal é conseguir pagar o aumento do Bolsa Família com esse aumento de impostos apenas neste ano. O problema mesmo é o que vai acontecer com o programa a partir de 2022.

Vale lembrar que o Palácio do Planalto enviou o planejamento de orçamento para o ano de 2022. E esse texto não contém nenhuma referência a qualquer tipo de aumento nem do Bolsa Família, e nem de qualquer outro projeto.

De acordo com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o aumento do Bolsa Família no próximo ano deverá ser bancado apenas depois da liberação do parcelamento dos precatórios. A questão é que até este momento o Governo não conseguiu essa permissão nem do Congresso Nacional e nem do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Auxílio Emergencial e Bolsa Família

Enquanto o Governo não ganha essa liberação, eles seguem realizando os pagamentos do Bolsa Família e do Auxílio Emergencial. Ambos os programas estão chegando ao fim. E o fato é que eles irão acabar ao mesmo tempo.

De acordo com o próprio Ministério da Cidadania, que responde pelos dois projetos, tanto o Auxílio como o Bolsa Família terão ainda mais dois pagamentos. Eles deverão chegar ao fim simultaneamente no final do próximo mês de outubro.

Segundo o Ministério, algo em torno de 35,4 milhões de brasileiros são beneficiários do Auxílio Emergencial. Já o Bolsa Família atual atende 4 milhões de pessoas. Isso considerando que boa parte dos seus usuários migraram temporariamente para o benefício vizinho.


Policial de São Luís é presa ao se recusar a fazer hora extra por precisar amamentar o filho

 

A soldado Tatiane Alves, da Polícia Militar do Maranhão, foi presa após recusar passar do seu horário de expediente. As informações são do O Globo.

Incidente aconteceu durante o aniversário da cidade de São Luís. Tatiane disse que às 20h foi comunicada que seu trabalho, que começou às 14h, se estenderia até o término do evento.

A policial disse que ninguém recebeu alimentação e, portanto, estava sem condições físicas de ficar no local. Tatiane disse que falou para o seu superior, o tentente Mário Oliveira, que precisava amamentar seu filho. O comandante não atendeu ao pedido e a prendeu por desobediência.

Após ser solta, a policial ficou sabendo que tinha sido transferida de posto, mas ela pediu afastamento para tratamento.

Aumento de IOF atinge empréstimos, rotativo do cartão e cheque especial

O aumento temporário do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), anunciado na quinta-feira (16) pelo governo, irá deixar o imposto cobrado nas operações de crédito um pouco mais caro.

A medida amplia a alíquota de IOF cobrada sobre operações de crédito de pessoas físicas e jurídicas a partir desta segunda-feira (20), quando a medida passa a valer, até 31 de dezembro deste ano.

A intenção, de acordo com o governo, é levantar recursos para financiar neste ano o Auxílio Brasil —versão ampliada do Bolsa Família—, além de pesquisas ligadas à Fiocruz. A verba para o programa nos anos seguintes deverá vir de outras fontes, ainda em definição.

O IOF incide, atualmente, sobre operações de crédito, de câmbio, de seguros e de alguns investimentos, cobrado de diferentes maneiras em cada um deles.

O aumento temporário valerá apenas para transações de crédito – os demais seguem como estão.

“Afetará praticamente todas as operações de crédito. Para a pessoa física cairá sobre o cheque especial, o crédito pessoal e financiamento de veículos. Para as pessoas jurídicas, afeta o capital de giro e a antecipação de recebíveis, por exemplo”, disse o economista-chefe da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), Nicola Tingas.

O cartão de crédito também sofre cobrança de IOF, mas apenas quando a pessoa atrasa a fatura e cai no crédito rotativo — neste caso, o IOF cobrado também ficará maior.

O aumento vale para o IOF diário dessas operações, que é cobrado sobre o valor emprestado ou sobre o valor do saldo devedor do cartão.

Para as pessoas físicas, ele passa da alíquota atual de 0,0082% ao dia (equivalente a 3% ao ano) para 0,01118% ao dia (4,08% ao ano). Para as pessoas jurídicas, sobe de 0,0041% para 0,00559% ao dia (ou 1,5% para 2,04% ao ano).

Aumento de 0,08% na dívida

Uma simulação hipotética feita pelo banco Nubank mostrou que, para um empréstimo pessoal de R$ 1.000 de 30 dias, o aumento significa uma conta extra de R$ 0,89 em um mês.

Com a alíquota atual, o valor pago pelo IOF diário seria de R$ 2,46 em 30 dias. Com a nova alíquota mais alta, passará a ser de R$ 3,35. É um aumento de 36% no IOF.

Já considerado o valor total da dívida, o aumento é de 0,08% em um mês: o valor total a ser pago pelo cliente, ao final dos 30 dias, passará a ser de R$ 1.057,15 com o novo IOF, em vez dos R$ 1.056,26 atuais.

O montante inclui ainda os juros, que variam entre as instituições, e uma parcela de IOF que é fixa, de 0,38% sobre o valor emprestado (R$ 1.000). Esta parte fixa do IOF também não muda – apenas a tarifa diária irá aumentar. No exemplo, foram considerados juros hipotéticos de 5% ao mês.