terça-feira, 20 de março de 2018

Projeto Vida no Trânsito investe na capacitação para diminuir acidentes



O Projeto Vida no Trânsito realiza mais uma ação com o objetivo de reduzir o número de acidentes nas ruas da capital potiguar. Foi iniciado hoje (20), e se estende até esta quarta-feira (21), o Curso de Perícia em Acidentes de Trânsito (8h às 17h) na Escola de Governo, destinado aos profissionais que trabalham diretamente com Boletins de Ocorrência de acidentes de trânsito. A Sesap é um dos órgãos gestores do Projeto e trabalha constantemente no desenvolvimento de ações dentro da iniciativa.


A idéia é melhorar as análises dos acidentes ocorridos em Natal e assim subsidiar as estratégias de prevenção. “A partir desses dados coletados, no momento das ocorrências, será possível fazer análises e estratégias de intervenção mais incisivas, pois a Comissão de Dados do Projeto detectou algumas fragilidades no preenchimento dos boletins”, explica a responsável técnica pelo Vida no Trânsito no âmbito estadual, Lorrayne Vieira.

O curso é coordenado pela Federação Nacional de Detrans e ministrado pelo consultor em perícias de trânsito Márcio Montesani, que falou sobre a importância da qualificação das informações. “Os dados iniciais são a matéria-prima do trabalho, e quanto mais se conhece o trânsito e os acidentes mais se tem subsídios para produzir um documento oficial, como o boletim de ocorrência”, ressaltou.

Participam do evento representantes da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN), Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Instituto Técnico de Perícia (ITEP) e Secretaria Municipal de Saúde (SMS-Natal).

Sesap vai expandir o projeto para outros municípios

Na planilha de planejamento da Sesap está a expansão do projeto Vida no Trânsito para municípios do interior, com atuação em educação nas auto-escolas e escolas de ensino médio e ações de fiscalização.

O Projeto foi criado em 2011 e tem como componentes além da Sesap, SMS Natal, CPRE, STTU, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), Sest-Senat, Ministério Público do RN, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar e Ong Trânsito Consciente. A composição intersetorial visa permitir a atuação em diversas frentes na busca pela diminuição dos acidentes de trânsito, que impactam em áreas diversas.

Dados do Governo do RN apontam que 30% dos recursos da saúde da alta e média complexidade são gastos para atendimento às vítimas de acidentes de trânsito, especialmente envolvendo motocicletas.